Logotipo Afya
Anúncio
Ginecologia e ObstetríciaJAN 2024

Teste de HTLV em gestantes está em consulta pública para oferta pelo SUS

De acordo com o Ministério da Saúde, aproximadamente 800 mil pessoas estão infectadas pelo HTLV no Brasil.

Por Augusto Coutinho

A incorporação do teste de detecção de infecção pelo vírus T-linfotrópico humano (HTLV) 1/2 em gestantes atendidas pelo SUS durante o pré-natal está em consulta pública através da plataforma Participa + Brasil, as contribuições (experiências ou opiniões, ou relatos técnico-científicos) podem ser enviadas até o dia 17 de janeiro. 

HTLV em gestantes

HTLV 

De acordo com o Ministério da Saúde, aproximadamente 800 mil pessoas estão infectadas pelo HTLV no Brasil. No mundo, entre 15 e 20 milhões de pessoas são afetadas pelo HTLV dos tipos 1 e 2. A infecção pelo vírus, que ataca o sistema imunológico, pode provocar doenças neurológicas, dermatológicas e oftalmológicas, além de cânceres como a leucemia/linfoma de células T do adulto (ATL). 

Leia também: Whitebook: como identificar a infecção por HTLV? 

Uma vez que uma das principais vias de transmissão é a vertical (durante a gravidez, o parto e o aleitamento materno), o rastreamento da infecção na população gestante é de grande importância para que se estabeleça os cuidados adequados para prevenção da infeção por parte do bebê. Inibidores de lactação e fórmulas lácteas são disponibilizadas para crianças nascidas de gestantes com esse vírus no SUS. 

Conitec 

A Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no Sistema Único de Saúde (Conitec) deu parecer inicial favorável à incorporação do teste, considerou a Comissão que “o procedimento é eficaz e seguro e que sua implementação no SUS utilizaria recursos já disponíveis, uma vez que testes para detecção do HTLV já são realizados fora do programa de triagem pré-natal”. 

Saiba mais: Mielopatia associada ao HTLV-1: o que sabemos sobre a doença e sobre esse vírus?  

Este artigo foi revisado pela equipe médica do Portal. 

Anúncio

Assine nossa newsletter

Aproveite o benefício de manter-se atualizado sem esforço.

Ao assinar a newsletter, você está de acordo com a Política de Privacidade.

Como você avalia este conteúdo?

Sua opinião ajudará outros médicos a encontrar conteúdos mais relevantes.

Referências bibliográficas

Compartilhar artigo