Logotipo Afya
Anúncio
SaúdeJAN 2024

Aprendizado da pandemia é debatido em painel do Fórum Econômico Mundial

Segundo Ministra da Saúde brasileira, a resiliência dos sistemas de saúde depende do tempo de resposta político.

Por Roberta Santiago

A Ministra da Saúde, Nísia Trindade, participou do painel “Preparando-se para a ‘Doença X’” no Fórum Econômico Mundial, realizado em Davos, Suíça, na semana passada. O debate abordou os esforços necessários para preparar os sistemas de saúde para os desafios futuros, com ênfase na resposta política em nível nacional e global.

Nísia destacou que a resiliência dos sistemas de saúde depende do tempo de resposta político, referindo-se à gestão anterior que teve uma resposta negativa à capacidade do Sistema Único de Saúde (SUS) brasileiro. A ministra compartilhou a experiência brasileira no enfrentamento da pandemia da covid-19.

Leia também: AAP 2023: Covid-19 e suas sequelas na pediatria

“Temos aprendizados da pandemia, mas precisamos de algumas forças transformadoras para pensar em uma efetiva capacidade de resposta frente a doenças com possível potencial pandêmico”, observou. “É primordial o investimento em tecnologia, inovação e na redução da desigualdade entre os países, especialmente no que se refere ao desenvolvimento e produção de medicamentos, vacinas e testes diagnósticos”, pontuou.

Aprendizado da pandemia é debatido em painel do Fórum Econômico Mundial, sistemas de saúde

Daqui para frente

A ministra reforçou que o Brasil, enquanto líder do Grupo dos 20 (G20), está propondo uma aliança para incentivar a produção em nível local e regional de insumos para a saúde:
“Ao mesmo tempo, é muito importante que haja uma visão integrada da vigilância de possíveis novos surtos, novas epidemias ou riscos pandêmicos. Essa vigilância deve ser vista de uma forma integral, iniciando na atenção primária à saúde e fortalecendo os centros de inteligência epidemiológica do país”.

Leia ainda: CFM aplica questionário sobre obrigatoriedade da vacina da covid-19 em crianças

Este artigo foi revisado pela equipe médica do Portal

Anúncio

Assine nossa newsletter

Aproveite o benefício de manter-se atualizado sem esforço.

Ao assinar a newsletter, você está de acordo com a Política de Privacidade.

Como você avalia este conteúdo?

Sua opinião ajudará outros médicos a encontrar conteúdos mais relevantes.

Referências bibliográficas

Compartilhar artigo