Logotipo Afya
Anúncio
Neurologia26 março 2024

Epilepsia: reveja o que já publicamos sobre o assunto

Durante a campanha de Conscientização da Epilepsia, mantenha-se atualizado sobre o tema, na prática, pelo Portal.
Nesta quarta-feira é o Dia Mundial de Conscientização da Epilepsia e, com ele, ficam mais quentes os debates sobre os cuidados com o paciente com epilepsia. Confira abaixo quais artigos já foram publicados sobre esse assunto pela nossa equipe de autores de neurologia.

Medicação e terapias

Lamotrigina ou levetiracetam para epilepsia generalizada idiopática em mulheres? Estudo comparou essas duas drogas, lamotrigina e levetiracetam, a fim de investigar efetividade e segurança dessas drogas. Segurança de dietas no tratamento da epilepsia infantil resistente a fármacos Como é a eficácia comparativa e a segurança de diferentes terapias dietéticas na epilepsia resistente a medicamentos (ERM) na infância? Cirurgia bariátrica aumenta o risco de os pacientes desenvolverem epilepsia? Um estudo descreveu que o risco de epilepsia é elevado após a cirurgia bariátrica para perda de peso; no entanto, essa associação não foi explorada adequadamente. Epilepsia: qual o melhor momento de descontinuar drogas antiepilépticas? Atualização trouxe recomendações práticas para a retirada das drogas na edição de dezembro 2021 da Neurology. A amamentação em mulheres com epilepsia sob medicação anticonvulsivante Há pouca evidência para apoiar que a exposição a DAE do leite de mulheres com epilepsia tenha efeitos clínicos no recém-nascido.

Epilepsia e AVC

Qual o risco de epilepsia pós-AVC? Pacientes que sobrevivem ao AVCh são mais propensos a desenvolver epilepsia do que as pessoas que têm AVCi, de acordo com estudo. A sobrevida varia com a escolha da medicação anticonvulsivante para pacientes com epilepsia pós-AVC? Lamotrigina e levetiracetam pareceram ser opções razoáveis ​​de tratamento de primeira linha, de acordo com estudo do JAMA Neurology.
Anúncio

Assine nossa newsletter

Aproveite o benefício de manter-se atualizado sem esforço.

Ao assinar a newsletter, você está de acordo com a Política de Privacidade.

Como você avalia este conteúdo?

Sua opinião ajudará outros médicos a encontrar conteúdos mais relevantes.

Compartilhar artigo