Logotipo Afya
Anúncio
Clínica MédicaJUL 2022

Associação entre vacinação contra covid-19 e sangramento pós-menopausa

Um estudo avaliou se a vacinação contra covid-19 realmente está associada a um aumento no diagnóstico de sangramento pós-menopausa.

A vacinação contra covid-19 foi o ponto crucial para controle da pandemia causada pelo SARS-CoV-2. Contudo diversos sintomas e queixas foram atribuídos a vacinação contra covid-19, mesmo sabendo que os benefícios superam os riscos, é importante realizarmos estudos para esclarecer possíveis efeitos da vacina, para que assim, a população esteja informada, e se sinta segura em relação a vacinação. 

Estudo

Um dos sintomas relatados pelas mulheres é a ocorrência de sangramento pós-menopausa. Em julho de 2022 foi publicado um artigo no American Journal of Obstetrics and Gynecology com o objetivo de avaliar se a vacinação contra covid-19 realmente está associada a um aumento no diagnóstico de sangramento pós-menopausa, através de uma grande e diversificada coorte de mulheres. 

Os autores selecionaram pacientes do sexo feminino com idade maior do que 55 anos no momento da vacinação contra covid-19, entre 1º de dezembro de 2020 e 31 de maio de 2021, excluindo as pacientes com histórico de histerectomia. Entre as 485.644 mulheres que atenderam aos critérios de inclusão, 47% eram de raça não branca com idade mediana de 67 anos (intervalo 55-105), com 95,4% recebendo uma dose da vacina de mRNA: 52,4% receberam BNT162B2 (Pfizer-Biontech) e 43% receberam mRNA-1273 (Moderna). Durante o intervalo pré-vacinação (40 dias antes), a incidência de sangramento pós-menopausa foi de 0,39% (IC 95%, 0,38%-0,41%), aumentando ligeiramente após a vacinação para 0,47% durante o primeiro intervalo (IC 95%, 0,45%-0,49%) e depois diminuindo para 0,43% (IC 95%, 0,41%-0,45%) durante o segundo intervalo de observação das pacientes (teste Cochran-Armitage bilateral para tendência linear em proporções P valor=0,004). A proporção de mulheres cujo diagnóstico de sangramento pós-menopausa atrasou mais do que dois meses a partir da data de início do sangramento foi semelhante nos três intervalos de tempo consecutivos (23,6%, 22,8% e 20,4%, respectivamente, P=0,39).

Leia também: Associação da vacinação contra covid-19 durante a gravidez com incidência de infecção por SARS-CoV-2 em lactentes

Conclusão

Os autores concluíram que a vacinação contra covid-19 foi associada com discreto aumento da taxa de sangramento pós-menopausa. No entanto, em números absolutos, o evento representa menos de uma em 1000 mulheres adicionais diagnosticadas com sangramento após a vacinação em comparação com antes da vacinação. Entre as mulheres na pré-menopausa, a vacinação contra covid-19 foi associada a um aumento de menos de um dia no ciclo menstrual, mas nenhuma alteração na duração da menstruação. As evidências fornecem garantias de que a vacinação contra covid-19 não está associada a um aumento significativo na incidência de sangramento pós-menopausa, sendo seguro a vacinação na paciente após a menopausa. 

Anúncio

Assine nossa newsletter

Aproveite o benefício de manter-se atualizado sem esforço.

Ao assinar a newsletter, você está de acordo com a Política de Privacidade.

Como você avalia este conteúdo?

Sua opinião ajudará outros médicos a encontrar conteúdos mais relevantes.

Referências bibliográficas

Compartilhar artigo