Logotipo Afya
Anúncio
CarreiraMAR 2024

Desenvolvimento científico durante a residência médica 

Reflexões sobre práticas acadêmicas que podem ser fundamentais para a carreira na medicina 
O médico residente não tem dúvidas sobre o desenvolvimento assistencial nas atividades da residência médica. Considerando o apoio clínico em suas diferentes ambientações e o amadurecimento profissional da especialidade são parte do cotidiano, porém um outro cenário não pode passar despercebido, que é o desenvolvimento científico.  Os centros universitários são ambientes mais que adequados para esse aspecto, uma vez que contam com suporte acadêmico e fluxo de pacientes para elaboração de diferentes ideias e projetos. A seguir, alguns aspectos de como a produção científica pode integrar a formação na residência. 

Elaboração de artigos científicos 

Desde relatos de casos até ensaios clínicos, o fluxo de pacientes da residência possibilita diferentes abordagens de produção científica — algo que se intensifica com o aporte acadêmico, comum na cultura das residências médicas.  O ponto de partida é ter proatividade e atenção para as possibilidades que surgem, estando atento e com bom diálogo com possíveis professores interessados para orientar a elaboração desses projetos. Muitas vezes, grandes projetos já estão em andamento, mas com portas abertas para pessoas interessadas.  Leia também: Local de residência médica: fatores decisivos na escolha   Crucial ter planejamento e organização nesse processo, pois é trabalhoso, demandando tempo e energia que podem facilmente sobrecarregar a rotina diária. Antes de começar um projeto nesse perfil, avaliar seu momento atual na residência e capacidade de adequar no cotidiano das outras atividades. 

Apresentações em eventos científicos 

Os eventos científicos como congressos e simpósios são uma grande oportunidade de mostrar a produção científica elaborada, sejam artigos originais em andamento ou projetos guiados para o tema do congresso.  Diferentes modalidades são possíveis, desde apresentações orais até envio de pôsteres eletrônicos, que possibilitam uma difusão do conhecimento e um espaço de discussão muito construtivo. A produção científica original é discutida em um ambiente com profissionais de referência no assunto, facilitando feedbacks e apoio de pesquisa.  Lembrar que além de pontuações em provas de título e concursos, participação nesses eventos promovem um importante networking. 

Oportunidades de mestrado 

Algumas instituições possibilitam a realização concomitante de um projeto de mestrado durante a residência médica — algo um tanto interessante para o residente, pois economiza tempo e facilita processos do desenvolvimento científico.   Elaborar um projeto acadêmico e guiar um tema de mestrado com a vivência prática do hospital é um fator muito positivo, agregando mais valor ao desenvolvimento de pesquisas e qualificação acadêmica.   Lembrar que é um ponto fundamental para aqueles que planejam seguir uma carreira acadêmica como docente, sendo um pré-requisito comum em concursos médicos. 

Networking profissional 

A inserção em grupos de pesquisa e elaboração de estudos científicos são facilitadores do surgimento de oportunidades de networking. Aprofundar em um tema e guiar métodos científicos de estudo abre espaço para contato com pesquisadores especialistas no tema estudado, assim como oportunidade para vagas de intercâmbio.  Isso propicia uma grande troca de experiências, diálogo entre diferentes instituições e um ganho não só para o desenvolvimento da ciência médica, mas também para a carreira acadêmica individual. 

Desenvolvimento de senso crítico 

Aprofundar um tema clínico, criar e testar hipóteses com diversos desenhos de estudos, propicia uma mentalidade científica apurada, pautada em competências de organização e habilidades do método científico.  Estudar e colocar em prática esse método facilita o amadurecimento do senso crítico na leitura e interpretação de evidências científicas, habilidade indispensável para o médico moderno.  Essa prática gera reflexos nas atividades clínicas diárias, com um melhor discernimento de condutas e reflexões sobre os motivos de seguir determinado protocolo terapêutico ou propedêutica investigativa, facilitando a prática médica pautada em evidências. 

Mensagem final 

O desenvolvimento científico faz parte do amadurecimento médico, seja na forma de pesquisas de ciência básica ou nas definições de conduta à beira do leito.  A residência médica é uma etapa onde as habilidades científicas podem ser desenvolvidas com facilidade, porém demandando proatividade e organização pessoal.  O essencial é entender que perfil de atividade científica deseja aprofundar, buscando referências acadêmicas que possam guiar e facilitar esse processo.  Leia ainda: Rotina de estudos da residência médica: desafios e oportunidades 
Anúncio

Assine nossa newsletter

Aproveite o benefício de manter-se atualizado sem esforço.

Ao assinar a newsletter, você está de acordo com a Política de Privacidade.

Como você avalia este conteúdo?

Sua opinião ajudará outros médicos a encontrar conteúdos mais relevantes.

Compartilhar artigo