Logotipo Afya
Anúncio
CarreiraDEZ 2023

Retrospectiva 20203: Quais foram as principais notícias do Portal?

Neste final de ano, o Portal PEBMED/Afya traz uma lista das principais notícias abordadas em 2023. Confira!

Por Redação Afya

Em fevereiro, a OMS confirmou um surto do vírus Marburg em Guiné Equatorial. Pela primeira vez na história do país, o surto desse que é um dos vírus mais letais do mundo, foi registrado. Até 13 de fevereiro de 2023, foram registradas 9 mortes e 16 casos suspeitos na província de Kie Ntem, sendo 1 caso confirmado como relacionado ao vírus.

OMS confirma ocorrência de surto do vírus Marburg

OMS confirma ocorrência de surto do vírus Marburg

A clortalidona é um diurético indicado para pacientes com hipertensão e no início de 2023 pacientes notaram a falta do medicamento nas farmácias do Eixo Rio – São Paulo. Procurada pelo Portal de Notícias da PEBMED, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), respondeu que não houve notificação à agência sobre uma descontinuação de fabricação ou importação (conforme RDC 18/2014) por parte de nenhuma das empresas detentoras de registro dos medicamentos à base de clortalidona na forma isolada no Brasil.

Pacientes alertam para a falta do medicamento clortalidona nas farmácias

Pacientes alertam para a falta do medicamento clortalidona nas farmácias

A Organização Mundial da Saúde (OMS) revisou as suas recomendações sobre a vacinação de covid-19 e passou a recomendar que adultos com boa saúde precisam somente de uma dose adicional da vacina contra a doença, além da vacinação primária. Na prática isso significa que as pessoas que já receberam o esquema primário – que prevê duas doses – precisam receber somente a terceira dose, e não a quarta.

OMS muda recomendações sobre vacinas contra covid-19

OMS muda recomendações sobre vacinas contra covid-19

Ainda em Março, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou a ampliação do prazo de validade das vacinas Comirnaty bivalentes BA.1 e BA.4/BA.5, produzidas pela Pfizer. Com a decisão, o prazo de validade dos imunizantes passou de 12 para 18 meses. Já os cuidados de conservação não sofreram alterações, seguindo a orientação prévia para o armazenamento entre -90 e -60°C, incluindo conservação de curto prazo a 5 ± 3°C pelo prazo máximo de dez semanas (dentro do prazo de validade de 18 meses).

Prazo de validade das vacinas bivalentes da Pfizer contra a covid-19 é ampliado

Prazo de validade das vacinas bivalentes da Pfizer contra a covid-19 é ampliado

As novas vacinas em desenvolvimento objetivam preencher as lacunas das gerações anteriores, otimizando a resposta imune e conferindo imunidade mais duradoura, além de cobertura a diversas variantes, com menos efeitos colaterais e menor necessidade de doses possível. Por isso, elas têm recebido o nome de vacinas de ampla proteção e são baseadas em proteínas virais estáveis e comuns às diversas variantes.

O futuro da vacinação contra covid-19

O futuro da vacinação contra covid-19

Uma doença rara causada pelas secreções tóxicas de um minúsculo besouro nativo (besouro Orthoperus, que medem menos de um milímetro de comprimento) ressurgiu em uma parte remota do sudeste da Austrália. A “doença do olho verde” foi descrita pela primeira vez em 1974 por Walker, essa síndrome de ulceração aguda da córnea também é chamada de “olho de Natal”, devido ao seu pico de incidência no verão do Hemisfério Sul (entre meados de dezembro e meados de fevereiro).

Christmas Eye ou “doença do olho verde”: síndrome rara causada por besouro

Christmas Eye ou “doença do olho verde”: síndrome rara causada por besouro

No Brasil foi disponibilizado um teste inovador para diagnosticar e classificar tumores cerebrais primários. O novo exame é realizado através da testagem molecular de material de ressecção do tumor cerebral, pesquisando mais de 850 mil sequências gênicas metiladas para a precisa classificação dos tumores cerebrais. Como cada tumor possui seu padrão específico de metilação, sua “assinatura” molecular, o teste é capaz de comparar o padrão do caso de cada paciente com uma base de dados de uma coorte de referência contendo mais de 80 mil exemplares de tumor cerebral. Através desta comparação, é possível estimar com precisão qual a classe tumoral da amostra que está sendo analisada.

Novo teste para diagnóstico e classificação de tumor cerebral é lançado no Brasil

Novo teste para diagnóstico e classificação de tumor cerebral é lançado no Brasil

Nesse ano, as recomendações para a vacina contra o HPV (papilomavírus humano) foram atualizadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Em novo documento, a entidade afirma que um esquema de dose única pode oferecer eficácia e durabilidade de proteção comparáveis a um esquema de duas doses. Os achados são fruto de uma reunião do Grupo Consultivo Estratégico de Peritos em Imunização da OMS (SAGE, na sigla em inglês), realizada entre os dias 4 e 7 de abril.

Conforme a Organização, a descoberta pode ser um divisor de águas para a prevenção da doença, uma vez que a dose única poderia ser aplicada em um número maior de mulheres. A OMS afirma que o câncer do colo do útero é altamente evitável, sendo uma doença de desigualdade de acesso.

OMS atualiza recomendações para a vacina contra o HPV

OMS atualiza recomendações para a vacina contra o HPV

O governo de Portugal planeja abrir vagas para médicos brasileiros no Serviço Nacional de Saúde (SNS), similar ao nosso Sistema Único de Saúde (SUS), devido ao déficit de atendimento nos cuidados de saúde primária do sistema português. O governo português divulgou que se tratará de contratos com a duração de três anos em centros de saúde das regiões de Lisboa, Vale do Tejo, Alentejo e Algarve. O salário é de 2.863 euros (cerca de R$ 15 mil), vale-refeição de 6 euros por dia, moradia e 22 dias de férias, como é costume no país, para uma carga-horária de 40 horas semanais, a previsão é de 200 a 300 profissionais contratados.

Medicina em Portugal: como é país que dará moradia, férias e salário de R$ 15 mil

Medicina em Portugal: como é país que dará moradia, férias e salário de R$ 15 mil

Em sua reunião anual do comitê de referência da Câmara de Delegados (House of Delegates) — órgão legislativo e de formulação de políticas da American Medical Association (AMA) —, a AMA recebeu uma proposta por parte seção de estudantes de medicina para a remoção do apoio à realização de Análise do Comportamento Aplicada (ABA), até o momento considerada o “padrão-ouro” de intervenção para tratamento de Transtorno do Espectro Autista (TEA) e a intervenção mais largamente utilizada e financiada pelas politicas públicas dos Estados Unidos e Canadá.

AMA retira apoio para Análise do Comportamento Aplicada por falta de evidências

AMA retira apoio para Análise do Comportamento Aplicada por falta de evidências

Anúncio

Assine nossa newsletter

Aproveite o benefício de manter-se atualizado sem esforço.

Ao assinar a newsletter, você está de acordo com a Política de Privacidade.

Como você avalia este conteúdo?

Sua opinião ajudará outros médicos a encontrar conteúdos mais relevantes.

Compartilhar artigo